Utilização de meio de contraste iodado iônico de alta osmolalidade para identificação de solução de continuidade em inglúvio de araracanindé (Ara ararauna)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

A. C. C. Lacreta Júnior
A. B. C. Silva
M. J. M. Maia
T. S. F. Telles
S. M. Favoretto

Resumo

É frequente a procura por ararascanindé como animais de estimação. Aves de estimação/ ornamentação muitas vezes são alocadas em ambiente próximo a outras espécies, sendo comum proprietários que também possuem cães e aves. Os cães, mesmo depois de anos de domesticação, ainda mantêm seus instintos de predadores, podendo atacar indivíduos da mesma espécie ou de uma espécie diferente. As mordeduras de cão, além do trauma mecânico, também podem acarretar vários problemas físicos e gerar infecção local ou generalizada, levando a traumas graves nas aves. As agressões efetuadas por cães na região cervical caudal de uma ave podem acometer diversas estruturas, como traqueia, artérias carótidas, esôfago cervical, tireoide, paratireoide, timo, inglúvio (localizado logo antes da entrada do tórax) e o saco aéreo cervical, estrutura ligada ao sistema respiratório, localizado dorsalmente na região cervical média e caudal.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM VETERINÁRIO (SINDIV)