Paralisia de laringe em cão: relato de caso

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

A. M. C. Junqueira
F. C. Britto
B. K. Rosa
R. F. Cunha
M. Jesus
R. K. Stefani
A. L. A. Rocha
F. P. S. Mello
M. P. Ferreira

Resumo

A paralisia de laringe (PL) consiste na perda da capacidade de abdução das cartilagens aritenóides durante a inspiração. Pode ter etiologia congênita, podendo ser hereditária ou por polineuropatia. Também pode ser adquirida, secundária a trauma, neoplasia, polineuropatia ou endocrinopatia. A forma adquirida é a mais comum e geralmente é observada em cães idosos de grande porte, podendo ser indício de polineuropatia periférica generalizada. O diagnóstico da PL apoia-se nos sinais clínicos e no exame da laringe. O prognóstico pode ser bom a reservado, dependendo da etiologia. Este trabalho relata um caso de PL unilateral em um cão da raça Labrador retriever.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM VETERINÁRIO (SINDIV)