Hemimelia parcial tibial bilateral em felino: relato de caso

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

C. P. Landim
C. V. S. Sousa
M. O. Freitas
A. Nunes
J. A. P. Silva
Z. J. Souza Júnior
L. C. V. Medeiros
C. F. Leonez
J. S. Gonçalves
L. C. A. Pinto
F. R. Souza
J. M. A. P. Antunes

Resumo

A hemimelia é uma anomalia congênita caracterizada pela ausência parcial ou total de um ou mais ossos, sendo eles: o rádio, a ulna, a tíbia e a fíbula os mais afetados. Essa enfermidade é considerada de rara ocorrência na clínica veterinária felina. A etiologia da hemimelia ainda é desconhecida e tem sido aventada a influência de fatores genéticos, ambientais, ou mesmo a combinação de ambos. Clinicamente, os animais acometidos por essa patologia manifestam sinais de deformidade angular, claudicação e diminuição da amplitude de movimento das articulações adjacentes. O diagnóstico definitivo é estabelecido por exames radiográficos que possibilitam a detecção da ausência parcial ou completa dos ossos acometidos. Este trabalho descreve a ocorrência de hemimelia tibial bilateral em um felino doméstico sem raça definida.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM VETERINÁRIO (SINDIV)