Classificação radiográfica de osteoartrite, de acordo com as lesões visibilizadas, em cavalos quarto de milha usados em pistas de vaquejadas rotineiramente

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

A. C. F. Souza
P. C. Schellin
D. A. Junior
J. E. B. Leite

Resumo

O uso atlético de cavalos em vaquejadas pode levar ao aparecimento de lesões musculoesqueléticas. A osteoartrite é caracterizada pela degeneração e perda da cartilagem de articulações sinoviais de forma progressiva associada a alterações ósseas e em tecidos moles. A articulação metacarpofalangeana é a mais frequentemente acometida. É uma causa comum de claudicação em equinos, devido aos microtraumas repetitivos, que culmina com o abandono das atividades desportivas, causando grande impacto financeiro ao proprietário. Existem diversas etiologias para seu aparecimento, como trauma articular, fraturas, infecções, inflamações, além de idiopatia. O exame radiográfico é indicado para a visibilização das alterações ósseas, articulares ou em tecidos moles. Devido à importância dessa afecção e do exame radiográfico diagnóstico, este trabalho propõe um protocolo de classificação radiográfica dessa afecção em cavalos Quarto de Milha que participam rotineiramente de atividades realizadas em pistas de vaquejadas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM VETERINÁRIO (SINDIV)