Síndrome de Pandora: aspectos psiconeuroendócrinos

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Kelly Cristina Teixeira
Mayara Zanini Vieira
Maria Lúcia Marcucci Torres

Resumo

A Síndrome de Pandora é o termo mais recente usado para denominar um conjunto de distúrbios resultantes da Cistite Intersticial felina, que não caracteriza apenas problemas no trato urinário inferior, mas também aspectos psicológicos e endócrinos. A Doença do Trato Urinário Inferior dos Felinos (DTUIF) compreende qualquer alteração que afeta vesícula urinária ou uretra de gatos domésticos. Dentre essas alterações, acredita-se que a Cistite Intersticial (Cistite Idiopática) seja uma das causas mais comuns de DTUIF atualmente. Essa afecção de caráter psiconeuroendócrino, inflamatório e não infeccioso leva a lesões sistêmicas, podendo acometer diversos órgãos. Desta maneira, a Síndrome de Pandora remete à mitologia grega devido à vasta extensão das lesões e seu complexo diagnóstico.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Palavras-chave
Doença do trato urinário inferior dos felinos; Cistite idiopática felina; Cistite intersticial felina; Síndrome de Pandora
Seção
CLÍNICA DE PEQUENOS ANIMAIS