Padronização das atividades relacionadas ao programa estadual de erradicação da febre aftosa no estado de São Paulo

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

H. L. R. Costa
F. M. Bugni
A. Rebello
J. E. A. Lima

Resumo

O Estado de São Paulo é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal como livre de febre aftosa com vacinação. A manutenção e melhoria do status sanitário são obtidas com o emprego de diversas atividades, realizadas pelos Médicos-Veterinários Oficiais sob orientação da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA). Com o objetivo de padronizar os procedimentos adotados nas unidades da CDA, a Coordenação do Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa (PEEFA) elaborou diversos manuais POP (Procedimento Operacional Padrão). Cada manual é direcionado para uma atividade específica do PEEFA, e os títulos são: 1) “Vacinação Assistida contra a Febre Aftosa”; 2) “Procedimentos após o Encerramento das Etapas de Vacinação contra a Febre Aftosa”; 3) “Arquivamento de Documentos do PEEFA”; 4) “Fiscalização de Certificados de Vacinação contra a Febre Aftosa em Laticínios”; 5) “Atendimento à Notificação de Suspeita de Doenças Vesiculares”; 6) “Vigilância Ativa para Febre Aftosa”; 7) “Cadastramento e Vigilância Ativa em Pontos de Risco para a Febre Aftosa”; 8) “Cadastramento e Vigilância Ativa em Propriedades de Maior Risco para a Febre Aftosa”; 9) “Geoposicionamento de Propriedades Rurais”; 10) “Envio de animais susceptíveis à Aftosa para Zona Livre sem Vacinação”; 11) “Recebimento de animais susceptíveis à Aftosa procedentes de Zona Tampão / Risco Médio” e 12) “Recebimento de animais susceptíveis à Aftosa procedentes de Zona Livre sem Vacinação”. Os manuais POP contemplam todas as fases das atividades abordadas, desde o planejamento até os registros nos Sistema Informatizados da CDA: 1) “GEDAVE - Gestão em Defesa Animal e Vegetal” (cadastro de propriedades, registro de vacinações e emissão de GTAs) e 2) “R.A. - Relatório de Atividades” (registro das atividades desenvolvidas por cada funcionário). Os manuais POP foram inseridos na intranet da CDA, e são disponibilizados para consulta pelos médicos-veterinários e demais funcionários envolvidos nas atividades de Defesa Sanitária Animal. Além de padronizar a realização das atividades do PEEFA, os referidos manuais contribuíram para a melhoria no registro das ações, facilitando a comprovação da realização das atividades durante auditorias internas e externas e auxiliando no cumprimento das metas estabelecidas no Plano Plurianual (PPA).

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Palavras-chave
procedimento operacional padrão; febre aftosa; defesa sanitária animal
Seção
RESUMOS ENDESA