Avaliação cardiorrespiratória de cutias (da syprocta aguti ) anestesiadas com halotano sob regime de respiração espontânea e controlada

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Bruno Leandro Maranhão Diniz
Deygnon Cavalcanti Clementino
Wagner Martins Fontes do Rêgo
Rozeverter Moreno Fernandes
Fernanda Tércia Silva Cardoso
Francisco Solano Feitosa Junior
Danilo Rodrigues Barros Brito
José de Ribamar da Silva Júnior
Willams Costa Neves
Maria do Carmo de Souza Batista

Resumo

Foi avaliada a resposta cardiorrespiratória do halotano em 12 cutias (Dasyprocta prymnolopha) anestesiadas sob respiração espontânea ou controlada, seis machos e seis fêmeas. Foram avaliados temperatura retal (TR), frequência respiratória (FR), frequência cardíaca (FC) e a saturação de oxigênio (SpO2). Os animais foram divididos em dois grupos, de acordo com o regime de ventilação utilizado. GI foi mantido em regime de ventilação espontânea (VE) e GII em regime de ventilação controlada (VC) com frequência ventilatória de 32 resp/min, com aparelho ciclando a volume de 10 ml/kg de peso vivo, sendo os animais mantidos em planos cirúrgicos. Todos os animais receberam a associação de quetamina (20 mg/kg) e midazolam (0,5 mg/kg) na mesma seringa (IM). Os animais foram induzidos com halotano e inserida a Máscara Laríngea nº1 para manutenção também com halotano e oxigênio a 100%, por 60 min. Os resultados foram submetidos à análise de variância, seguidos pelo teste Student-Newman-Keuls (SNK), com nível de significância de 5% (p< 0,05). Os parâmetros FC, FR e SpO2 não apresentaram diferença estatística, sendo mantidas as médias de FC durante todo o procedimento. A FR nos dois grupos sofreu acentuado declínio após aplicação da associação quetamina/ midazolan (M0 e M1). A SpO2 manteve-se constante, não sendo inferior a 95%. Os dois regimes de ventilação avaliados mostraram-se satisfatórios para o uso do protocolo anestésico, mantendo estabilidade cardiorespiratória em cutias (Dasyprocta prymnolopha), podendo ser usado com segurança nessa espécie.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DINIZ, B. L. M.; CLEMENTINO, D. C.; DO RÊGO, W. M. F.; FERNANDES, R. M.; CARDOSO, F. T. S.; FEITOSA JUNIOR, F. S.; BRITO, D. R. B.; DA SILVA JÚNIOR, J. DE R.; NEVES, W. C.; BATISTA, M. DO C. DE S. Avaliação cardiorrespiratória de cutias (da syprocta aguti ) anestesiadas com halotano sob regime de respiração espontânea e controlada. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 12, n. 1, p. 35-35, 11.
Palavras-chave
cutia; quetamina; midazolan; halotano
Seção
RESUMOS CONBRAVET