1.
Jesus C de, Nery G, Trüeb I, Magalhães Junior JT, Barrouin-MeloSM, Larangeira DF. Comparação da capacidade de atividade dos anticorpos IGG provenientes de soro e plasma para o diagnóstico de leishmaniose visceral canina através de ELISA indireto. Rev. Educ. Cont. Med. Vet. Zootec. [Internet]. 1 [citado 23º de outubro de 2021];12(1):97-. Disponível em: https://www.revistamvez-crmvsp.com.br/index.php/recmvz/article/view/23724